Skip directly to content
(67) 3043-5538 | Rua 7 de Setembro 453, 79002-121 - Campo Grande - MS

Crianças que dormem pouco envelhecem mais rápido

18/07/2017 - 15:30

Você acaba de ganhar mais um argumento para convencer seu filho a dormir cedo.

As crianças que dormem menos do que as horas recomendadas (de 9-11 horas de sono por noite) mostram sinais de envelhecimento mais rápido a nível celular, de acordo com uma nova pesquisa, destacando o quão importante é que as crianças (e qualquer pessoa) tenham a quantidade certa de horas dormidas por noite.

A descoberta é de uma equipe de cientistas da Universidade de Princeton, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e foi publicada no periódico The Journal of Pediatrics.

Essas estruturas que agem contra a degradação são os telômeros: eles funcionam como as tampas das extremidades dos nossos cromossomos para impedir o desgaste do nosso material genético e manter a estrutura do cromossomo. Cada vez que nossas células se dividem, eles ficam mais curtos e com menos capacidade de proteger o corpo, começando assim o processo de envelhecimento.

Os telômeros também protegem o organismo contra divisões celulares descontroladas, como as que acontecem no câncer e em problemas cognitivos, por exemplo. Existem alguns estudos que sugerem que a má qualidade do sono pode estar associada ao comprimento dos telômeros, mas são pesquisas com pequenas amostragens.